Sereia de Ouro


Atalhos


Agraciados

  • Aderbal Freire-Filho

O diretor, autor e ator Aderbal Freire-Filho completou 40 anos de teatro em 2003 com mais de 80 montagens, muitas delas premiadas no Brasil e Exterior. Entre os espetáculos de destaque, estão “A mulher carioca aos 22 anos”, de João de Minas; “Apareceu a Margarida”, de Roberto Athayde; “Senhora dos Afogados”, de Nelson Rodrigues; da sua “No Verão de 1996”; e “Tio Vânia”.

Aderbal Freire-Filho é enaltecido também pelo tempo em que atuou nos palcos cearenses, entre nomes como Waldemar Garcia, Marcos Miranda, Haroldo Serra e B. de Paiva. E ainda por suas atividades nas rádios Dragão do Mar, Ceará Rádio Clube e Assunção. E será lembrado até mesmo por sua atuação no escritório de advocacia do pai – o diretor é formado em Direito.

Depois de uma rica trajetória, Aderbal Freire-Filho é homenageado com o Troféu Sereia de Ouro. “Sei da importância do Troféu Sereia de Ouro, como um atestado de cearensidade enorme, pelo critério com que tem sido dado durante todos estes anos. Pela permanência do prêmio, a gente sabe que ele já é uma instituição da cultura cearense, então eu fico me perguntando até que ponto eu mereço. É um sentimento de dúvida do merecimento, mas também um sentimento misturado, é claro, com muito orgulho.”



TV Verdes Mares
Sistema Verdes Mares
Praça da Imprensa S/N
Fortaleza, Ceará, 600000 Brasil