Sereia de Ouro


Atalhos


Agraciados

  • Padre Fred Solon

O padre Fred Solon nasceu Luiz Ferdinando Torres da Costa e Silva. Fez o curso primário em casa, com professores particulares, como era costume na época. O ginásio foi com os padres jesuítas, depois estudou nos Colégios Castello Branco e São João. Aos 22 anos era assistente administrativo da Fábrica Brasil Oiticica. Da convivência com os 1.500 empregados resultou o incentivo à criação de um posto médico, de uma cooperativa de consumo e de um grande refeitório.

O jovem Fred Solon marcou pela liderança e pela alegria. O brincalhão também era muito namorador. O despertar para Deus foi uma decisão tomada numa madrugada, dentro de uma boate. Um choque para a sociedade, uma benção para o padre Fred Solon. Esteve no noviciado dos jesuítas, em São Paulo, onde iniciou os estudos de letras clássicas, grego, latim e literatura. No Rio de Janeiro, começou o curso de filosofia e sociologia. Também faz parte de sua vida, o engajamento na política estudantil ao lado de José Serra, então Presidente da UNE – União Nacional dos Estudantes. Após o regime militar, estudou teologia no Rio Grande do Sul. O curso foi concluído em Buenos Aires, onde se ordenou no dia 17 de dezembro de 1966.

De Buenos Aires foi para Paris estudar na Universidade da Sorbonne, tendo dado apoio aos emigrantes e aos exilados da ditadura brasileira. A formação de jesuíta foi concluída na Bélgica. De volta ao Brasil foi para a diocese de Barra, na Bahia. Na pequena cidade, às margens do Rio São Francisco, criou e presidiu uma grande fundação de desenvolvimento, cobrindo 26 cidades. Abriu escolas, postos de saúde, pequenos projetos de irrigação e ainda fez convênio com 14 instituições internacionais. Esteve em Salvador e depois veio para Fortaleza, onde foi Vice-diretor do Colégio Santo Inácio. Participou do movimento de casais e criou o fundo de apoio comunitário na favela do Jangurussú, com a abertura de maternidade, escola e creche.

Em 1981 foi transferido para Recife e passou a ser responsável pela pastoral universitária na Universidade Católica. Também foi missionário em Moçambique. No interior do Piauí, na pequena cidade de Joaquim Pires, encontrou mais um desafio-missão e é novamente um exemplo:  ajudando as famílias, levando serviços sociais, melhoria da qualidade de vida e esperança de dias melhores.



TV Verdes Mares
Sistema Verdes Mares
Praça da Imprensa S/N
Fortaleza, Ceará, 600000 Brasil